Rota: Jardim Botânico - Brasília/DF - Rota Parques e Jardins
Categoria: Parques e Jardins

Nossa rota de moto de hoje é uma junção de máquina, homem e natureza. Vemos rodar até o Jardim Botânico de Brasília, um parque lindo criado para desenvolvimento de pesquisas, educação ambiental e lazer, tudo voltado para a conservação da biodiversidade do cerrado

Saindo da Praça do Cruzeiro, nosso ponto de partida de todas as rotas, seguiremos pela ponte Costa e Silva, na ida, mas nosso retorno será pela vistosa Ponte JK, um dos principais cartões postais de Brasília. Variar os caminhos nos faz conhecer ainda mais nossa querida cidade. Contamos 23.8 km de ida e 18.9 km de volta, também para a Praça do Cruzeiro.

Ao chegar na entrada do Jardim Botânico é necessário o pagamento de R$5 por pessoa, valor simbólico para aproveitar tudo que o local tem a oferecer. O parque tem uma área com cerca de 5.000 hectares, dos quais 526 hectares são abertos à visitação, com plantas nativas e exóticas devidamente identificadas, além de uma trilha ecológica com 4.500 metros. O Jardim Botânico funciona de terça a domingo, das 9h às 17h.

Na área aberta à visitação, você encontra o Centro de Visitantes, com um delicioso bistrô que serve café da manhã, brunch, almoço e lanches. Encontra o Centro de Excelência do Cerrado, uma Superintendência do Jardim Botânico de Brasília, criado com o intuito de fortalecer a pesquisa e a disseminação de informações referentes ao Bioma Cerrado. Local para Piquenique, Cactário, Biblioteca, Anfiteatro e Jardins Temáticos.

O Caliandra Café é outro espaço bem gotosinho para conhecer por lá. Em meio a natureza, um refúgio acolhedor para você tomar seu café da manhã, almoçar ou tomar um chá fresco (ervas colhidas na hora). A maior especialidade do local é o Cozido Português, servido nos finais de semana.

Passeie pelo Jardim de Cheiros (ou Jardim Sensorial), seus canteiros formam um desenho de linhas sinuosas, em perfeita harmonia com o ambiente. O espaço promove a interação dos visitantes com a natureza, através do estímulo dos cinco sentidos. Concebido para abrigar coleções de plantas organizadas por suas características medicinais, aromáticas e condimentares, constitui-se em um espaço lúdico/didático de fortalecimento ao programa de Educação Ambiental do Jardim Botânico de Brasília.

Você também pode admirar por lá um Orquidário de 200m², com uma coleção de aproximadamente 3018 orquídeas – cerca de 983 espécies nativas, e 2035 híbridas – em exposição. A edificação, projetada em madeira, foi criada com a função de abrigar as coleções de orquídeas e possibilitar ao visitante conhecer um pouco do universo destas plantas. Neste espaço, as orquídeas estão identificadas e catalogadas no sistema de registro das coleções do Jardim Botânico de Brasília.

Curiosidade sobre o orquidário do Jardim Botânico de Brasília: batizado como Orquidário Margaret Mee, em homenagem à artista botânica inglesa, que se especializou na ilustração de plantas da flora brasileira, especialmente da Amazônia.

Dica: o Jardim Botânico oferece diversas áreas a serem exploradas que permitem você se conectar com a natureza e relaxar, são alguns quilômetros de trilhas simples para você descobrir. As opções gastronômicas são muito boas também, oferecem café da manhã, brunch, almoço e lanches.

Essa é uma rota de moto deliciosa para curtir e se encantar com as belezas de um parque muito bem cuidado e cheio de informações.

Site: http://www.jardimbotanico.df.gov.br/ 

Se você gosta de rodar de moto perto da natureza, não deixe de conferir as Rotas das Cachoeiras!

Compartilhe

Deixe seu comentário