Rota: Itamaraty - Brasília/DF - Rota dos Palácios
Categoria: Palácios

Partindo da Praça do Cruzeiro, nossa rota de moto desce pelo Eixo Monumental, passando pelo Memorial JK, pela Torre TV, pela Rodoviária, pela Catedral de Brasília e chegando ao nosso destino: o Palácio do Itamaraty. São 8.1 km  de uma reta com faixas amplas e muito verde.

Também conhecido como Palácio dos Arcos, o Itamaraty, herdou esse nome de sua antiga sede, no Rio de Janeiro, um refinado casarão neoclássico originalmente pertencente a Francisco José da Rocha Leão, Conde de Itamarati. Localizado no epicentro do Plano Piloto, logo ao lado do Palácio do Congresso,  é a sede do Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

O propósito de sua construção era de apresentar o Brasil aos visitantes estrangeiros, portanto, foi construído apenas com materiais nacionais e seus salões abrigam obras apenas de artistas nascidos ou naturalizados brasileiros, como Athos Bulcão, Alfredo Volpi, Bruno Giorgi, Frans Krajcberg, Franz Weissmann, Maria Martins, Mary Vieira, Iberê Camargo, Ione Saldanha, Rubem Valentim, Sérgio de Camargo e Tomie Ohtake. 

Mais um monumento arquitetônico de Brasília projetado por Oscar Niemeyer que, logo de cara mostra sua imponência. Na companhia do espelho d’água, o Meteoro, obra do artista Bruno Giorgi, parece flutuar. Esculpida em uma pedra de Carrara com oito toneladas, um presente do governo italiano ao Brasil, a escultura contemporânea representa o planeta Terra com os seus cinco continentes, cujas relações pacíficas e justas são a base da diplomacia. 

O jardim externo do Itamaraty, no qual flutuam ilhas com variedades de plantas tropicais, do Cerrado e da Amazônia, e o jardim suspenso do terceiro andar do prédio foram criados por Roberto Burle Marx.

A entrada para visitar o Palácio do Itamaraty é pela lateral e vale muito a pena entrar e ver com os próprios olhos o maior hall sem colunas da América Latina, com uma área de 2.800 metros quadrados, além da famosa escada helicoidal, que mais parece uma escultura solta no ar, embelezando o espaço por si só e sem corrimão. Uma curiosidade interessante: a estrutura já recebeu um corrimão projetado especialmente para receber a rainha Elizabeth em visita ao Brasil, no ano de 1968. 

O acervo do Palácio do Itamaraty também integra elementos antigos e modernos, sendo sua decoração praticamente a mesma de sua inauguração oficial em 1970. Observando o mobiliário, temos a presença de peças coloniais, barrocas, neoclássicas, do início da indústria moveleira brasileira a ícones da década de 80.

Para visitar o Palácio do Itamaraty é necessário fazer uma reserva antecipada por e-mail (visita@itamaraty.gov.br). As visitas em dias úteis e nos finais de semana e feriados acontecem às 9h, 10h, 16h e 17h, elas são guiadas e gratuitas. Nossa dica é fazer a visita no fim de semana, quando é mais fácil estacionar e apreciar o local sem tanta movimentação.

Site oficial: http://www.itamaraty.gov.br/   

Veja também mais rotas de moto até outros Palácios incríveis de Brasília

Compartilhe

Deixe seu comentário