Rota: TOP GUN Ases Indomáveis - Rota moto e cinema
Data: 07/08/2019

Quem não lembra da moto no filme Top Gun - Ases Indomáveis?

O filme foi lançado nos EUA, em 1986, revelando Tom Cruise como astro. Ele é Pete Mitchell, um jovem piloto de um esquadrão de elite da Força Aérea norte-americana. Enquanto tenta superar obstáculos e o trauma decorrente do passado de seu pai, o garotão vive um romance com Charlotte (Kelly McGillis), sua terapeuta. Uma história de amor e aventura, repleta de clichês, com alguns momentos bem-humorados e moderníssimos jatos de guerra.

Para nós, motociclistas, algumas cenas com a Kawasaki GPZ 900R Ninja foram marcantes. Essa moto foi lançada dois anos antes da estreia do filme, foi o primeiro modelo da série Ninja, da Kawasaki. O motor era uma coisa de outro mundo, levou seis anos para ser projetado e permitia que a moto atingisse 243km/h, que era um recorde da época em moto de rua.

A produtora Paramount utilizou duas dessas motos no set de filmagem e teve que pagar, na época, 2.800 dólares por cada uma delas.

Mas existe uma curiosidade sobre a aquisição das motos: dizem que a Paramount ofereceu uma parceria publicitária para fabricante japonesa Kawasaki, em troca das 2 motos, mas a Kawasaki não se interessou pela proposta.

Dá para imaginar o arrependimento?

As motos utilizadas no set pelo ator Tom Cruise foram descaracterizadas, retiraram os logotipos da Kawazaki e do modelo Ninja GPZ 900R, as cores das motos foram invertidas contrárias ao original, onde era vermelho passou a ser preto e onde era preto passou a ser vermelho. A Paramount também estilizou as motos colocando vários adesivos em homenagem às equipes de pilotos de caça da marinha dos Estados Unidos.

Em 2020, teremos a estreia de Top Gun: Maverick, sequência de Top Gun - Ases Indomáveis. A história se passa no mundo contemporâneo das guerras tecnológicas, onde o experiente piloto à moda antiga Maverick (Tom Cruise) enfrenta drones e prova que o fator humano ainda é fundamental. Assista ao trailer aqui! 

A moto utilizada nesse novo filme é a H2R, da linha Ninja da Kawasaki. Assim como no filme anteriror, os produtores escolheram uma moto arrojada, uma das mais rápidas do mercado atualmente, com um motor incrível, podendo chegar a 400km/h. Uma enorme diferença da anterior, mesmo com apenas 35 anos de diferença.

Ansiosos para a estreia da continuação desse clássicos do cinema?

Galeria de Fotos

Galeria de Fotos

Compartilhe

Mapa da Rota



Deixe seu comentário